Bio – Roberto Salles

Roberto Salles ingressou na UFF em 1977, no curso de Medicina Veterinária. Devido à baixa renda familiar, foi selecionado para ser bolsista de trabalho na biblioteca do Instituto Biomédico, onde trabalhava 12 horas por semana.

Foi monitor da disciplina de Bacteriologia e bolsista de Iniciação Científica, formou-se em 1981 e continuou no Departamento de Microbiologia como bolsista de aperfeiçoamento. Fez Mestrado na UFF Doutorado na UFRRJ. No magistério passou por todos os níveis da carreira, Professor Auxiliar, Assistente, Adjunto, Associado e Titular.

Se formou também em Medicina, pela escola de medicina Souza Marques, no ano de 1990. Além disso, também se especializou em Medicina do Trabalho pela UFF.

Foi membro titular do Conselho Estadual de Saúde, representando as universidades do estado do Rio de Janeiro. É membro titular do conselho de administração do Instituto Vital Brasil (conceituado instituto produtor de imunobiológicos) e também assessor especial da presidência do mesmo instituto.

Na UFF, foi coordenador do campus avançado da pró-reitoria de Extensão. Vice-diretor do Centro de Ciências Médicas (1990 a 1994) e em seguida Diretor desse Centro (1994 à 1998), quando presidiu o conselho do Centro de Ciências Médicas, que reunia os diretores e representantes das faculdades de Enfermagem, Farmácia, Medicina, Veterinária e do Instituto Biomédico.

Foi membro titular do Conselho Universitário e Conselho de Ensino e Pesquisa, cujas presidências exerceu como Reitor, e titular de diversas Câmaras Especializadas do Conselho Universitário.

Foi Reitor da UFF por dois mandatos (2006-2010 e 2010-2014), tendo participado ativamente da ANDIFES (Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior), especialmente das discussões sobre inclusão social que resultaram na criação do PNAES – Programa Nacional de Assistência Estudantil. Atuou na comissão que sobre os Colégios de Aplicação, o que levou o MEC a dotar a UFF com vagas permanentes de docentes para nosso Colégio Universitário Geraldo Reis.

Nos dois mandatos de Roberto Salles foram construídos os novos prédios dos diversos campi do Gragoatá, da Praia Vermelha, de Campos e de Pádua, além da criação de novos cursos, a ampliação significativa do quadro de professores e de servidores técnico-administrativos e de ampliação expressiva de vagas para estudantes e a melhoria significativa do acolhimento estudantil.